Quem somos





A CPAD – Casa Publicadora das Assembleias de Deus – é a editora oficial da denominação e sempre esteve presente em todos os momentos históricos e decisivos do Movimento Pentecostal no Brasil. Somos uma empresa sem fins lucrativos e, em 2015, completamos 75 anos divulgando no país e no exterior as grandes obras realizadas por Deus no meio de seu povo e por intermédio deste.

Em comemoração pelos 75 anos da Casa Publicadora das Assembleias de Deus, foram realizados diversos eventos durante todo o ano em agradecimento a Deus pelas benção proporcionadas à CPAD. Toda honra e toda glória sejam dadas a Ele!

A Casa é fruto dos ideais dos missionários que implantaram a doutrina do Evangelho Pleno em nossa nação e através de seus livros, lições bíblicas, periódicos, eventos, cursos e da utilização das novas mídias, a CPAD está presente hoje não apenas no Brasil, mas também na América Latina, Estados Unidos, Europa, Japão e África. Nossa editora vem se mantendo ao longo dos anos como um posto avançado na preservação de nossa doutrina, rebatendo energicamente os modismos e heresias que querem minar as bases teológicas e enfraquecer a excelência dos bons costumes.



Objetivos da CPAD como entidade confessionalmente evangélico-pentecostal

- Proclamar a palavra de Deus. A missão primordial e intransferível da CPAD é proclamar, através dos diversos meios de comunicação, o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, tanto no Brasil como no exterior;

- Edificar a Igreja de Cristo, devocional e doutrinariamente, por intermédio de livros e demais recursos da mass media;

- Equipar o ministério cristão por meio de obras comprovadamente ortodoxas, pertinentes ao momento atual e que levem os obreiros a atuar com mais dinamismo no âmbito do Reino de Deus;

- Educar a sociedade através da Escola Dominical, pois o objetivo primeiro desta é evangelizar enquanto ensina.



A missão da CPAD

Levar o evangelho todo a toda criatura por todos os meios.



O compromisso doutrinário da CPAD

Tendo a Bíblia Sagrada como a sua única regra de fé e prática e orientada pela CGADB, através de seu Conselho Administrativo e do Conselho de Doutrina, a CPAD, em virtude de sua vocação como agência de evangelização e edificação espiritual, exige que as obras, por ela publicadas, não firam a soberania da Bíblia Sagrada como a Palavra de Deus inspirada, inerrante, infalível, soberana e completa.
 



A postura ortodoxa da CPAD

A CPAD, como editora confessional, reserva-se ao direito de recusar obras, cujo conteúdo destoe da sã doutrina da Palavra de Deus e que contrarie os bons costumes e a tradição que recebemos de nossos fundadores. Por isso, não podemos aceitar, sob hipótese alguma, livros, revistas e folhetos que façam apologia aos modismos teológicos, filosofia humanista e outras afins.
 



A postura eclesiástica e social da CPAD

Sendo o objetivo da CPAD servir à Igreja de Cristo, não acolherá em suas publicações:
Ataques contra nossas autoridades convencionais e demais pastores (Ex 22.28); divisões entre o povo de Deus (1 Sm 15.23); apologias a costumes que contrariam nossas igrejas (Rm 14.20); boatos e notícias infundadas, pois levam a discórdia entre os santos (Ex 23,1); levantes contra as autoridades constituídas e a chamada desobediência civil (Rm 13.1-7); defesa de ideologias que atentam contra a dignidade e os direitos humanos (Sl 33.12); elogios e defesa do anti-semitismo (Gn 12.1-3); o racismo e a eugenia (Ml 2.10); a pregação da guerra de conquista (Jr 29.7); a xenofobia, ignorando que todos os homens foram criados à imagem de Deus (Gn 1.26; Ex 19.33,34); a defesa do casamento homossexual (Gn 2.21-25; Lv 18.22).
 



A Contribuição da CPAD para o Reino de Deus

Portanto, firmados nas Sagradas Escrituras, comprometemo-nos a fazer de nossas publicações um instrumento para a expansão do Reino de Deus, levando sempre o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo até aos confins da terra, contribuindo assim para a concórdia entre os santos e a paz entre os homens.

Voltar | Topo